Ideias simples de marketing para academia que dão visibilidade e resultado a curto prazo podem ser executadas nesta época do ano. Descubra como!

 

Verão tem calor, praia, piscina, férias e uma invasão nas academias. Conforme as temperaturas começam a aumentar, o número de frequentadores também sobe proporcionalmente, já que muita gente se sente mais disposta e motivada para conquistar o corpo ideal por meio da atividade física. Só que a alta temporada também serve como um período de alerta para os gestores, uma vez que muita gente acaba se afastando da malhação, fazendo com que os lucros caiam consideravelmente. “Os clientes costumam viajar na época das férias e notamos um maior número de gente trancando a matrícula e queda nas presenças”, conta Marcio Pimentel, marketing i9 e coordenador de vendas da academia Mega, de Fortaleza (CE). Para evitar esse tipo de problema, muitos desenvolvem estratégias de marketing voltadas à captação e fidelização dos alunos, de modo a manter os resultados sempre em alta.

 

Marketing interno é uma boa estratégia

 

Para o consultor de gestão empresarial Jorge Gonçalves, de São Paulo (SP), as ações de marketing pontuais têm perspectiva pequena de sucesso, já que a somatória de ações é que levam ao sucesso a longo prazo. Prevendo que o consumidor moderno busca bons profissionais e equipamentos e ambientação acolhedora e motivadora, que desperte o desejo de voltar no dia seguinte, o diretor da academia VIP Fitness de Recife (PE), Walter Leite, lembra que, para atrair os alunos na alta temporada, investe em marketing interno, pois ao gerar valor entre os alunos da academia, eles mesmos acabam convidando amigos e familiares para ir à academia. “Lógico que não podemos esquecer dos alunos novos. Para eles há campanhas e eventos”, explica.

 

Marketing para academia: ideias que dão certo

 

Cada academia encontra fórmulas de sucesso para o seu públicoalvo de acordo com o perfil dos alunos e equipe. Não há receita pronta, mas conhecer o que outros gestores já fizeram para entender o que deu certo e o que deu errado ajuda a trilhar o próprio caminho.

 

“A comunicação do time é algo que inexiste em muitas academias”, lembra Gonçalves, que afirma que cativar a equipe, fazendo-a se sentir integrada às ações desenvolvidas é essencial para descobrir talentos internos que podem colaborar com ideias de algo que tenham visto ou vivenciado ou mesmo com a opinião do que os alunos têm como percepção de valor e que podem ser o ponto-chave da promoção. Assim, um bom bate-papo com a equipe pode ser crucial para o bom andamento do “plano verão”.

 

Marketing para academia e o verão 2013

 

Para o verão 2013, por exemplo, a equipe da Mega vai criar um plano trimestral para a estação (Mega Verão), com valor diferente do cobrado no plano trimestral convencional, visando a atração de novos clientes. Pimentel explica que durante a alta estação, será inserido um quadro de horários com aulas temáticas próprias do verão, criando um ambiente de alegria e energia contagiante. “Além disso, todas as nossas formas de interação com o cliente, como mídia indoor, e-mail, Facebook e Twitter, são reformulados de acordo com a temática do período”, detalha.

 

Eventos especiais reforçam o marketing para o verão

 

Focar mais nos clientes externos do que naqueles que já estão com você pode ser um tiro no pé, pois quem está na casa pode se sentir desprestigiado. Além disso, Gonçalves orienta que investir em materiais que lembrem o aluno da promoção é uma forma de fixar a sua estratégia nas mentes dos clientes e colaborar com o boca a boca: “o cliente interno é uma grande força para chegar ao cliente externo”, conta o consultor, que vai abrir a agência de marketing e publicidade Ponte em outubro. Marcio Pimentel lembra que a academia cearense também faz eventos especiais para os clientes ativos e ações e promoções específicas para atrair novos consumidores. “Fizemos uma aula especial de POP Jump, que tem o jump tradicional com as músicas mais famosas do Michael Jackson. Quem trouxesse um amigo pra fazer a aula ganhava um cd com a trilha sonora da aula e, o acompanhante, um free pass de uma semana. Tivemos 10 novas matrículas no dia do evento, a alegria dos clientes ativos e um buzz intenso nas redes sociais. O ponto negativo foi a falta de trampolins extras, pois atingimos o limite de 40 pessoas”, lembra Pimentel.

 

Brindes são ótimas oportunidades na estratégia de marketing para academia

 

Oferecer brindes e vantagens pode ser uma boa forma de captar novos alunos. Leite afirma que o consumidor precisa de estímulos, conforto e motivação para treinar, senão desiste e os presentes são uma boa para auxiliar essa vontade de ir à academia. “Fazemos isso para fidelizar o cliente e prestar um atendimento diferenciado”, explica o diretor da VIP Fitness, que no passado fez uma campanha de captação de novos alunos no qual cada aluno que levasse cinco amigos para se matricular, ganhava um notebook e, os amigos, um MP4 cada. “Isso gerou uma rede de amigos enorme, pois cada convidado levava mais cinco amigos e todos ganhavam os brindes”, aponta como um dos cases de sucesso da academia pernambucana.

 

Dicas simples:

 

Segundo Jorge Gonçalves (www.jorgegoncalves.com.br), para criar uma ação de marketing pontual e que traga sucesso a tempo de pegar a alta temporada, os gestores devem focar em cinco plataformas básicas:

 

1) Palpite: comunicar a equipe sobre a ação que será feita e discutir, internamente as alternativas a serem adotadas. É a política do palpite, segundo o consultor;

2) Slogan: encontrar um nome fácil e impactante para a ação;

3) Força interna: usar a equipe como força de vendas para comunicar todo mundo sobre a ação, já conhecendo o que será feito;

4) Material interno: desenvolver materiais para serem usados dentro da academia para comunicar a ação, como camisetas, banners, adesivos de espelho e vestiário etc;

5) Agregar valor: não mexer no preço, mas somar serviços, como ganhar diárias em pousada, brindes etc.

 

Planejamento:

 

Para evitar contratempos e lugares-comuns, Pimentel orienta os gestores a organizarem a ação com antecedência, levando em consideração pontos importantes que podem ser colocados em uma planilha. Suas sugestões são:

- Data com início e término da ação;

- Determinar os funcionários participantes;

- Orçamento previsto;

- Números mínimo e máximo de participantes a serem atingidos;

- Metas mínima e desejável de matrícula;

- Supermeta;

- Formas de divulgação;

- Pesquisa de satisfação pós-evento.

 

Dificuldades:

 

Jorge Gonçalves acredita que um dos principais desafios dos gestores na hora de criar uma boa campanha de verão está na percepção do marketing como um todo, “é entender de forma conceitual a sua busca e não apenas uma ação. Marketing é o somatório dos processos, é transformar o intangível em tangível e elaborar esse conceito pode ser difícil”.

 

Comparando aos serviços prestados por uma academia, o consultor lembra que qualquer pessoa pode começar a correr ou a praticar musculação por conta própria, mas sem orientação profissional adequada, além de correr riscos de se lesionar, terá mais dificuldades em acertar a mão ao fazer os exercícios. Com o marketing, seria a mesma coisa: “recomendo que se busque sempre o auxílio profissional para estruturar o trabalho de marketing”. Walter Leite concorda: “tem que contratar alguém especificamente pra isso, uma agência de publicidade sempre ajuda muito. Tentamos dar as ideias e, combinado à criatividade deles, geramos ações muito bacanas”.

 

www.educacaofisica.com.br

Fonte:Portal da Educação Física 3/10/2012